20
11 / 2017
0 Novos artigos

No mês dos rins, campanha chama atenção para o cuidado com a saúde dos gatos

Social

Tamanho

Divulgação

Para estimular o diagnóstico precoce da doença renal crônica (DRC) em gatos, a Elanco, divisão de saúde animal da Lilly, realiza pelo segundo ano a campanha Março Amarelo – amarelar é amar. O mês de março foi escolhido por se tratar do mês internacional do rim e por marcar os esforços de nefrologistas do mundo todo pela prevenção das doenças renais.

O foco principal da campanha é a saúde dos felinos, uma vez que a incidência da doença nos gatos é alta e seus tutores não têm o costume de levá-los com frequência ao veterinário.

A DRC é uma das principais causas das idas dos gatos ao veterinário e pode atingir cerca de 60% dos animais idosos. Há estimativas de que entre 20 e 50 % dos gatos com mais de 9 anos tenham DRC em algum grau. Além disso, a doença é três vezes mais frequente em gatos do que em cães.

“A doença apresenta sintomas apenas em estágio avançado, quando os rins do animal estão com 75% de sua função comprometida, o que torna os check-ups periódicos fundamentais para identificação da DRC em fase precoce e tratamento adequado, evitando o sofrimento do animal”, alerta Bruna Tadini, médica veterinária de Animais de Companhia da Elanco.

Entre os principais sintomas em felinos estão perda de apetite, perda de peso, aumento no consumo de água e aumento da frequência da urina, deterioração na pelagem, cansaço, fraqueza, vômitos, feridas na boca e mau hálito. Já o diagnóstico definitivo é feito por meio de exames de sangue, urina e ultrassom abdominal, complementados com a aferição da pressão arterial.

Terapia

Em caso de confirmação, o tratamento é feito levando em consideração o grau e a evolução da doença. Podem ser utilizados medicamentos orais específicos que diminuem a perda de proteínas pela urina, um dos problemas gerados pela DRC. Também é importante controlar a alimentação do animal, já que dietas com muita proteína ou com grande quantidade de fósforo colaboram para o agravamento da doença renal. A adequação nutricional pode ser feita pelo uso de ração comercial específica ou de dieta caseira balanceada, desde que recomendada pelo veterinário.

Sobre a campanha

Com o mote “Amarelar é amar”, a campanha vai alcançar dois públicos: os médicos veterinários, com informações técnicas sobre aumento de qualidade de vida e sobrevida dos gatos, e a população em geral, principalmente os tutores de gatos, compartilhando dados relevantes para que eles levem os seus felinos ao médico veterinário com maior frequência.

“O conceito da campanha do Março Amarelo é baseado no ato de amar e cuidar do animal e as mídias sociais serão a principal plataforma de divulgação e conscientização para o público em geral”, afirma Gabriela Klein, coordenadora de Marketing da Elanco.

No link é possível conferir o vídeo oficial, incentivando as pessoas a compartilhar a #amarelareamar com os amigos.

Comments

comments

da ANDA

Se você está buscando um novo emprego, selecione abaixo:

Cadastre seu currículo agora   Envie seu currículo para dezenas de empresas

Revise seu currículo com um especialista   Consultoria gratuita para obter um emprego

Comece já a receber nossa revista gratuita. Direto em seu correio as principais notícias da cidade.

Patrocinadores